Tela dobrável: Apple registra patente

Tela dobrável: Apple registra patente

Tela dobrável: Apple registra patente

Uma das empresas que menos tem abordado a questão dos telefones dobráveis, a Apple surpreende, por assim dizer, e registra uma patente para uma tela dobrável que pode ser usada em iPhones e outros dispositivos. O documento, concedido terça-feira (28) pelo Escritório de Marcas e Patentes dos EUA (US Patent and Trademark Office, em inglês), descreve como sendo um dispositivo eletrônico com uma tela e capa flexíveis ou dobráveis.

As empresas, incluindo a Apple, muitas vezes patenteiam ideias que nunca se concretizam, e o item descrito em um requerimento não precisa necessariamente ser viável para que a patente seja concedida. Mas, a essa altura do campeonato e com as empresas escancaradamente desenvolvendo seus smartphones dobráveis, é muito provável que a Maçã, de fato, esteja caminhando para isso.

O pedido foi apresentado em janeiro de 2018 e está entre uma série de pedidos de patentes que a Apple fez em torno da idéia de uma tela dobrável. “Os telefones dobráveis ​​e o 5G representam a próxima geração de smartphones nos próximos anos”, disse Daniel Ives, analista da Wedbush Securities, em entrevista à CNN.

No passado, a Apple registrou patentes para um display flexível com sensores de toque e abas que abrem e fecham como um livro, além de um iPhone flexível que pode dobrar ao meio e prender as roupas de uma pessoa.

Ives disse que a nova patente da Apple é importante porque “mostra que isso é algo em seu roteiro”. No Mobile World Congress, em fevereiro, a Samsung e a Huawei anunciaram os próximos telefones dobráveis, mas colocá-los no mercado mostrou-se difícil. Vários repórteres com acesso antecipado ao Galaxy Fold disseram que seus aparelhos quebraram depois de alguns dias de uso. A gigante coreana adiou o lançamento de abril e não informou quando um novo dispositivo será, de fato, vendido ao público. Na sexta-feira passada, a Best Buy cancelou as encomendas de pré-venda do telefone.

A Huawei, por sua vez, foi recentemente adicionada à lista negra de empresas do Departamento de Comércio dos EUA e está impedida de comercializar seus produtos no país, já que o governo americano considera que a companhia chinesa está minando os interesses americanos — leia-se espionagem.

Ives acredita que a primeira versão de um smartphone dobrável da Apple poderia chegar no final de 2020 ou início de 2021. “Eles estão bem atrás da Samsung quando se trata de telefones dobráveis”, disse ele. “Mas uma vantagem é que o Galaxy Fold da Samsung teve problemas técnicos, além de preços altos”, completa.

Fonte: Canal Tech
Texto originalmente publicado em: CNN

Para saber mais sobre registro de patentes, entre em contato com a Brandão.